Qualidade e comprometimento com resultados. Este é o nosso foco!!


DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS


Desktop (Client-Server)

Solu√ß√Ķes personalizadas. O sistema se ajusta √† sua empresa, e n√£o o contr√°rio.

Os sistemas desktop têm como diferencial a segurança e velocidade de acesso e processamento.

Normalmente √© utilizada a metodologia Client/Server onde um servidor prov√™ o n√ļcleo do sistema e banco de dados da aplica√ß√£o e as esta√ß√Ķes utilizam um software local, denominado cliente que faz o acesso ao servidor para executar a aplica√ß√£o.
 
Utilizamos tecnologias de ponta para desenvolvimento dos nossos Sistemas. Nossos técnicos possuem larga experiência e atributos de rotinas consagradas para oferecer aos clientes o melhor custo/benefício.

Utilizamos a linguagem Object Pascal com IDE Delphi como instrumento de programa√ß√£o. √Č uma linguagem altamente robusta e extremamente confi√°vel, usado largamente para aplica√ß√Ķes Desktop e multi-camadas (cliente/servidor) e compat√≠vel com os maiores banco de dados do mercado.

 
As principais vantagens de um Sistema Desktop
 

  • Velocidade¬†- Os programas que operam com t√©cnicas Client/Server trafegam uma quantidade muito menor de dados pela rede. Isto se d√° porque o cliente faz um pedido ao servidor, e o pedido √© todo processado por ele (o servidor), retornando apenas uma pequena quantidade de dados para o cliente como resposta. Assim, as √ļnicas transa√ß√Ķes em rede s√£o o pedido do cliente e a resposta do servidor;
     
  • Seguran√ßa¬†- ¬†A seguran√ßa √© talvez a mais not√°vel vantagem da filosofia Client/Server. Os servidores de banco de dados s√£o muito robustos e preparados para fornecer a maior seguran√ßa poss√≠vel. Os m√©todos de armazenamento e de cache j√° s√£o em si mesmos uma grande fonte de seguran√ßa, e contam com os algoritmos mais complexos que se possa imaginar para garantir isso;
     
  • Independ√™ncia de Conex√£o com a Internet¬†- Como rodam na rede local estes sistemas independem de qualquer investimento em links de acesso √† internet ou conex√Ķes de alta velocidade.

E-Commerce (Loja Virtual)

O com√©rcio eletr√īnico est√° superando todas as previs√Ķes de crescimento e uma solu√ß√£o √© fundamental para as empresas competitivas.

Crie sua loja virtual. Para isso, nós oferecemos a solução completa com layout em alto padrão e a credibilidade de quem possui uma política de preço justa e de clientes satisfeitos.

Com um sistema de tecnologia de ponta, integrados a recursos WEB 2.0 e WEB 3.0, o nosso foco é destacar nossos clientes em um mercado em ascensão.

Com design que funciona, sistema moderno e atendimento diferenciado podemos assumir o compromisso de transformar sua loja virtual em um grande sucesso!
 
Vantagens

  • Administre sua loja virtual em qualquer lugar que voc√™ estiver.
  • Cadastro de produtos de forma r√°pida e simplificada, via web.
  • Pagamento Certo integrado: pague somente por venda confirmada.
  • Exemplo de uma Loja Virtual

 
Características

  • Carrinho de compras
  • C√°lculo de frete (Sedex, E-Sedex, PAC, Direct Express, FEDEX, Retirar na loja, Transportadora a cobrar, Frete Personalizado)
  • Cadastro com √°rea administrativa de pedidos para o cliente
  • √Ārea administrativa para o lojista
  • Cadastro ilimitado de categorias, subcategorias, produtos, marcas e tamanhos
  • Controle de estoque
  • Gerenciamento de pedidos atrav√©s da administra√ß√£o
  • Gerenciamento dos usu√°rios cadastrados atrav√©s da administra√ß√£o
  • Gerenciamento de usu√°rios administrativos
  • Ferramenta para envio de newsletter
  • Exibi√ß√£o e administra√ß√£o de banners na loja
  • Boleto Banc√°rio e Cart√Ķes de Cr√©dito (Visanet e American Express) atrav√©s de Gateways de Pagamento como PayPal, PagSeguro, F2B e CobreBem;
  • Certificado SSL compartilhado de 128 bits
  • Criptografia: na base de dados

Intranets e Extranets

As empresas est√£o cada vez mais necessitando de centraliza√ß√£o das informa√ß√Ķes e¬†m√©todos de comunica√ß√£o interna para reduzir custos. A intranet se prop√Ķe a desempenhar este papel de forma semelhante ao que fazemos na internet (utilizando browsers - Internet Explorer, Chrome, Safari, etc), por√©m,¬†a principal diferen√ßa entre ambas √© que a intranet √© restrita a um certo p√ļblico. Em uma empresa¬†todos os colaboradores¬†podem acessar a intranet com um nome de usu√°rio e senha devidamente especificados pela coordena√ß√£o da empresa.¬†

Geralmente o acesso a intranet é feito em um servidor local em uma rede local chamada de LAN sigla da língua inglesa que significa Local Area Network (rede de acesso local) instalada na própria empresa.

Assim sendo, a intranet √© um espa√ßo restrito a determinado p√ļblico utilizado para compartilhamento de informa√ß√Ķes restritas. Geralmente utilizado em servidores locais instalados na empresa.

A extranet seria uma extens√£o da intranet. Funciona da mesma forma que a intranet, por√©m sua principal caracter√≠stica √© a possibilidade de acesso via internet, ou seja, de qualquer lugar do mundo voc√™ pode acessar os dados de sua empresa. A id√©ia de uma extranet √© melhorar a comunica√ß√£o entre os funcion√°rios e parceiros al√©m de acumular uma base de conhecimento que possa ajudar os funcion√°rios a criar novas solu√ß√Ķes.


Sistemas WEB

Sistemas Web são aqueles executados através de navegadores de páginas web, tais como Internet Explorer, Chrome, Firefox e Safari.

A maior vantagem desses sistemas, deve-se à portabilidade (capacidade de executar em variados tipos de sistemas operacionais, tais como Linux, MacOS e Windows) e custos com licenças (desenvolvimento padrão em plataforma baseada com softwares código aberto e gratuitas).

Alguns sistemas web s√£o conhecidos como intranets e/ou extranets.
  
Utilizamos tecnologias de ponta para desenvolvimento dos nossos Sistemas. Nossos técnicos possuem larga experiência e atributos de rotinas consagradas para oferecer aos clientes o melhor custo/benefício.

Utilizamos as linguagens PHP e Java como instrumento de programação. Além do fato de serem linguagens altamente robustas, são também multi-plataforma, ou seja, podem rodar em diferentes dispositivos e sistemas operacionais, proporcionando alta portabilidade.

 
Algumas Vantagens de um Sistema Web

  • Controle geral em tempo real sobre seu neg√≥cio em qualquer lugar do mundo, ou seja, voc√™ controla seu neg√≥cio de onde voc√™ estiver;
  • Necessidade para acesso √© apenas um browser como Internet Explorer, Chrome, Safari , Firefox ou qualquer outro e acesso √† internet;
  • Facilidade de utiliza√ß√£o;
  • Baixo custo de hardware para utiliza√ß√£o do sistema;
  • Aplicativo centralizado. N√£o h√° a necessidade de instala√ß√£o do aplicativo em cada esta√ß√£o na qual o aplicativo for utilizado;
  • Corre√ß√Ķes e atualiza√ß√Ķes centralizadas no servidor, n√£o sendo necess√°rio qualquer altera√ß√£o nas m√°quinas clientes.

Gerenciadores de Conte√ļdo (CMS)¬†

Sistema de Gerenciamento de Conte√ļdo (CMS)

Sistema de Gerenciamento de Conte√ļdo (do ingl√™s Content Management System – CMS) √© um aplicativo usado para criar, editar, gerenciar e publicar conte√ļdo de forma consistentemente organizada permitindo que o mesmo seja modificado, removido e adicionado com facilidade. CMSs s√£o frequentemente usados para armazenar, controlar, prover documenta√ß√£o empresarial tais como not√≠cias, artigos, manuais de opera√ß√£o, manuais t√©cnicos, guias de vendas e brochuras de marketing. O conte√ļdo pode incluir arquivos de computador, imagens, √°udios, v√≠deos, documentos eletr√īnicos e conte√ļdo Web.

Podemos dizer que um CMS √© semelhante a um framework (um esqueleto) de website pr√©-estruturado, com recursos b√°sicos de: usabilidade, visualiza√ß√£o e administra√ß√£o j√° prontamente dispon√≠veis. √Č um sistema que permite a cria√ß√£o, armazenamento e administra√ß√£o de conte√ļdos de forma din√Ęmica, atrav√©s de uma interface de acesso via Internet.


INFRAESTRUTURA E SERVICOS DE REDES


Implantação e Gerenciamento de Antivírus Corporativo Centralizado

O antivírus corporativo geralmente possui um console de gerenciamento centralizado que permite instalar pela rede, gerar relatórios, ter acesso remoto ao computador, e principalmente centralizar a atualização da base de dados de vírus para diminuir o tráfego na rede já que os computadores não estarão se atualizando independentemente, e sim a partir da atualização da base de dados de vírus existente no console de gerenciamento.

As vers√Ķes corporativas geralmente servem tamb√©m para servidores, com sistemas operacionais como Windows Server e Linux, por exemplo, e possuem vers√Ķes de seguran√ßa para servidores de e-mails, gateways, servidores de armazenamento (storage), entre outros.


Interligação e Integração de Redes

A interliga√ß√£o/integra√ß√£o de redes tem por objetivo interligar m√ļltiplas redes f√≠sicas de modo a formar um sistema coordenado e homog√™neo.

Esse sistema pode utilizar-se apenas de hardwares espec√≠ficos ou at√© mesmo da internet e seus protocolos para definir a forma como os mesmos devem operar no sistema global e como as aplica√ß√Ķes devem utilizar o sistema resultante.

A inteliga√ß√£o de redes se faz necess√°ria pois existem diferentes tecnologias de redes de computadores e nenhuma delas √© adequada para TODAS as situa√ß√Ķes e por ser necess√°rio uma tecnologia que esconda os detalhes de hardware de redes de computadores e permita a comunica√ß√£o entre computadores, independentemente das suas estruturas f√≠sicas.

Esse tipo de serviço é muito utilizado para integrar matriz e filiais de empresas, prédios distintos de uma mesma organização e etc, para se compartilhar recursos e prover um ambiente colaborativo eficiente e transparente ao usuário final.


Servidor Controlador de Domínio

O Servidor Controlador de Domínio é um serviço que se destina a centralizar todos os direitos dos usuários de uma rede, seja os logins, as senhas, quem acessa determinados arquivos ou pastas e quando.

A máquinas então autenticam-se no controlador de domínio e são permitidas ou não, a acessarem os recursos da rede com base no usuário e senha fornecidos.

Os servidores controladores de domínio podem ser integrados aos servidores de arquivos, servidores proxy e etc.


Servidor de Arquivos

Servidor de arquivos √© um computador conectado a uma rede que tem o objetivo principal de proporcionar um local para o armazenamento compartilhado de arquivos de computadores (como documentos, arquivos de som, fotografias, filmes, imagens, bases de dados, etc) que podem ser acessados pelos diversas esta√ß√Ķes de trabalho¬†e usu√°rios que est√£o conectados √† rede. O servidor atua como m√°quina principal enquanto as esta√ß√Ķes ligadas a ele¬†s√£o chamadas de clientes. Um servidor de arquivos geralmente n√£o realiza quaisquer c√°lculos, e n√£o executa qualquer programa em nome dos clientes. √Č projetado principalmente para permitir o armazenamento e recupera√ß√£o r√°pida de dados onde a computa√ß√£o pesada √© fornecida pelas esta√ß√Ķes de trabalho. Esses servidores s√£o comumente encontrados em escolas, org√£os p√ļblicos¬†e organiza√ß√Ķes em geral.

Todos os servidores de arquivos devem de alguma maneira proteger e controlar o acesso de seus arquivos. Dessa forma, os servidores de arquivos são normalmente integrados a servidores controladores de domínio e oferecem diferentes modos de acessibilidade utilizando nomes de usuários, senhas e políticas de acesso definidas pela empresa durante o processo de planejamento e implementação do servidor.

Seja em ambientes windows, linux ou híbridos, temos a melhor solução para o seu negócio.


Servidor de Backup

A execução de cópias de segurança pode ser uma tarefa despendiosa quando se trata de vários computadores e a solução de servidor de backups pode ser a solução para este problema.

Como um servidor de backup vai facilitar este trabalho?

  • Regularidade na execu√ß√£o das c√≥pias de seguran√ßa
    Podemos programar o servidor para efetuar c√≥pias de seguran√ßa di√°rias, semanais e mensais, em¬†uma determinada hora, em fun√ß√£o das necesidades. Existe tamb√©m a posibilidade de efetuar o backup instant√Ęneo.
     
  • Escolha das pastas/diret√≥rios¬†que ser√£o guardados
    Depois de escolher as pastas/diret√≥rios dos quais vamos fazer backup a √ļnica preocupa√ß√£o vai ser de guardar os arquivos importatntes dentro das mesmas. A c√≥pia de seguran√ßa criada no servidor vai manter a hieraquia das pastas semelhante a do computador.
     
  • Comprimir os dados e gravar em dispositivos remov√≠veis
    Para não desperdiçar espaço de armazenamento as cópias podem ser comprimidas e gravadas em dispositivos removíveis, caso seja a vontade do cliente.
     
  • Facilidade para restaurar¬†das c√≥pias de seguran√ßa
    Quando necess√°rio, a restaura√ß√£o das c√≥pias de seguran√ßa remontam a estrutura de pastas e arquivos original bem como as permiss√Ķes de acesso a elas concedidas originalmente.

Servidor de Banco de Dados

Armazena os bancos de dados de programas cliente-servidor e de p√°ginas e aplica√ß√Ķes WEB. Seu principal objetivo √© retirar da aplica√ß√£o cliente a responsabilidade de gerenciar o acesso, a manipula√ß√£o e a organiza√ß√£o dos dados.

De acordo com o tipo de sistema operacional, um √ļnico servidor pode prover gerenciamento de dados para diferentes sistemas, facilitando assim a manuten√ß√£o e otimiza√ß√£o e reduzindo custos com hardware espec√≠fico.


Servidor de Impress√£o

Servidor respons√°vel por controlar pedidos de impress√£o de arquivos dos diversos clientes.

Prov√™ a centraliza√ß√£o dos servi√ßos de impress√£o que serve principalmente para atribuir permiss√Ķes de impress√£o por usu√°rio, determinar volume de impress√Ķes por usu√°rio, custos de impress√£o por grupo de usu√°rios e etc, al√©m de facilitar a manuten√ß√£o do acesso ao parque de impress√£o.


Servidor de Proxy

Servidor que atua como um cache, armazenando páginas da internet recém-visitadas, aumentando a velocidade de carregamento destas páginas ao chamá-las novamente.

Define a política de segurança no nível de usuário para a internet. Controle de acesso de sites, downloads, etc.

Possibilita o acompanhamento e monitoramento de acessos √† WEB e a tomada de decis√Ķes de bloqueio ou restri√ß√£o.


Servidor Firewall

Define toda a pol√≠tica de seguran√ßa da rede, controlando o fluxo de entrada e sa√≠da de informa√ß√Ķes da rede, evitando invas√Ķes de redes e fraudes.

Um firewall (em portugu√™s: Parede de fogo) √© um dispositivo de uma rede de computadores que tem por objetivo aplicar uma pol√≠tica de seguran√ßa a um determinado ponto de rede. O firewall pode ser do tipo de filtros de pacotes, proxy de aplica√ß√Ķes, etc. Os firewalls s√£o geralmente associados a redes TCP-IP.

Este dispositivo de seguran√ßa existem na forma de software e de hardware, a combina√ß√£o de ambos normalmente √© chamado de appliance. A complexidade de instala√ß√£o depende do tamanho da rede, da pol√≠tica de seguran√ßa, da quantidade de regras que controlam o fluxo de entrada e sa√≠da de informa√ß√Ķes e do grau de seguran√ßa desejado.

Com a utiliza√ß√£o de firewall podemos aplicar filtros de conte√ļdo, detectar intrus√Ķes, prover seguran√ßa no ambiente interno da rede, segmentar redes fazendo com que seus clientes tenham acesso √† internet na sua empresa, sem ter acesso √† sua rede interna, prover acesso ou bloquear usu√°rios e softwares, por endere√ßo IP, MAC, nome de usu√°rio e etc.


Servidor WEB

Os servidores web s√£o respons√°veis por armazenar e trocar informa√ß√Ķes com outras m√°quinas. Por causa disso, pelo menos dois participantes s√£o envolvidos em cada troca de informa√ß√Ķes: um cliente, que solicita informa√ß√Ķes, e um servidor, que atende a esses pedidos.

Cada lado exige tamb√©m um programa especializado para negociar a troca de dados. No caso do cliente, √© usado um browser, como o Internet Explore, Chrome¬†ou Firefox. No lado do servidor, por√©m, as coisas n√£o s√£o t√£o simples. Existem v√°rias op√ß√Ķes de software dispon√≠vel, mais todos t√™m uma tarefa semelhante: negociar transfer√™ncia de dados entre clientes e servidores via http (Protocolo de Transfer√™ncia de Hipertexto), o protocolo de comunica√ß√Ķes da Web. O software depende do sistema operacional escolhido para o servidor, como o Apache que √© uma op√ß√£o¬†dispon√≠vel tanto para Linux quanto para Windows.

Servidores Web s√£o amplamente utilizados para publica√ß√£o de sites, portais, aplica√ß√Ķes web, intranets e extranets.


Servidores Diversos  e Outros Serviços

  • Balanceamento de Link e Divis√£o de Carga
     
  • Cabeamento Estruturado (Dados e Voz)
     
  • Cluster de Servidores
     
  • Servidores de:
    • DNS
    • E-mail
    • FTP
    • Monitoramento de Rede
    • Sistema Helpdesk
    • Virtualiza√ß√£o
    • VPN
    • Webmail

REPARO DE COMPUTADORES E NOTEBOOKS


Formatação de HD e Reparo de Computadores

Formatação de HD com excecução de backup de arquivos do usuário e reinstalação de sistema operacional (Windows, Linux ou MacOS).

Instalação de softwares do usuário.

Manutenção preventiva e corretiva em computadores com limpeza interna e externa, lubrificação de coolers, ajustes em placas e componentes.

Detecção de componentes defeituosos e substituição de placas, fontes, unidades de CD/DVD, HD`s e etc.


HELPDESK / SERVICE DESK


Suporte Técnico (Presencial / Remoto)

Help desk (literalmente "balc√£o de ajuda") √© um termo da l√≠ngua inglesa que designa o servi√ßo de apoio a usu√°rios para suporte e resolu√ß√£o de problemas t√©cnicos, inform√°tica, telefonia e tecnologias de informa√ß√£o, ou pr√© e p√≥s vendas. Este apoio pode ser tanto dentro de uma empresa (profissionais que cuidam da manuten√ß√£o de equipamentos e instala√ß√Ķes dentro da empresa), quanto externamente (presta√ß√£o de servi√ßos a usu√°rios), por meio de um sistema de gerenciamento de incidentes ou call center.¬†Com a evolu√ß√£o do help desk, surgiu o service desk, que possui abrang√™ncia e qualidades maiores.

O objetivo do Service desk √© prover aos usu√°rios de TI um single-point-of-contact (SPOC) ou ponto √ļnico de contato (PUC), vital para uma comunica√ß√£o efetiva entre os usu√°rios e as equipes de TI.
A missão principal do service desk é o restabelecimento da operação normal dos serviços dos usuários o mais rápido possível, minimizando o impacto nos negócios causados por falhas de TI.
Para um provimento de serviços de service desk com qualidade, este service desk pode utilizar as melhores práticas ITIL ou outras metodologias de mercado.
Ferramentas de gestão de serviços de TI bem estruturadas, também são vitais para o provimento de um bom serviço.
Para que sejam alcançadas todas as expectativas do cliente, interno ou externo, deve-se estabelecer service level agreement ou acordos de nível de serviço (SLA). O SLA é que definirá em quanto tempo e de que forma o serviço será prestado.

Na maioria dos centros de suporte, existe uma divisão da equipe quando da realização do atendimento denominada, em geral, de níveis de atendimento.

Primeiro nível de atendimento
Destino das liga√ß√Ķes dos usu√°rios quando em busca de ajuda para a tecnologia em uso. Esse primeiro n√≠vel pode ser caracterizado em dois modelos:

Solucionador
Grupo de atendentes que resolve o problema durante a própria ligação do usuário. Através do uso de ferramentas complementares (base de conhecimento, software de controle remoto) e treinamento adequado, o atendente objetiva o encerramento do problema sem a necessidade de transferir (ou escalar) o assunto para outro colega.
Em alguns centros de suporte, o primeiro nível solucionador pode ser particionado por especialidades, facilitando com que técnicos com a habilidade adequada resolvam mais rapidamente o problema (exemplo: células de atendentes peritos em Microsoft Office, outros em redes e segurança etc.).

Direcionador
Ainda dentro do primeiro nível, conforme o tipo de atendimento realizado, a equipe que recepciona o problema apenas registra o assunto, anota os detalhes e direciona o atendimento para um colega com maior conhecimento no tema. Isso faz com que o registro seja feito de maneira rápida, garantida e o direcionamento conduz para uma equipe mais apropriada.

Segundo nível de atendimento
Composto por um time com maiores conhecimentos sobre o problema em questão. Significa que se o atendente de primeiro nível não conseguiu resolver um problema do usuário para se conectar na rede, ele irá transferir a responsabilidade desse atendimento para a equipe de administração de redes.
O segundo nível pode também se caracterizar por uma equipe de campo (ou deskside) que vai até o local do usuário para solucionar um problema que por telefone seria impossível (uma impressora quebrada, cabos soltos etc.).

Terceiro nível de atendimento
São os terceiros especialistas (ou ainda, outro nível interno mais especializado no assunto) que podem ser os fabricantes de determinados hardwares ou softwares, consultores contratados e assim por diante.
Esses são pessoas que tem a capacidade de resolver os problemas não solucionado nos níveis anteriores.


Cronos Soluções em Tecnologia Ltda

contato@cronostecnologia.com.br
Telefone: (61) 99988-5848